terça-feira, agosto 30, 2011

Conheça a Revista Extrativas

Capa Revista Extrativas N° 1

(Clique na Imagem para Fazer o Download)

terça-feira, agosto 23, 2011

PROJETOS DA AGENDA TRABALHISTA TERÃO NOVAS DIFICULDADES NO CONGRESSO NACIONAL

O fim do fator previdenciário (PL 3299/08), a criação de um piso salarial para policiais e bombeiros militares (PEC 300/08 e 446/09), a regulamentação da Emenda 29, que determina os gastos com saúde pública (PLP 306/08), e o reajuste dos salários do Poder Judiciário (PLs 6613/09 e7749/10) são projetos que podem ter novas dificuldades para tramitação no Congresso Nacional.

sábado, agosto 13, 2011

Corpos de soterrados são localizados em Santos após quatro meses

Depois de quatro meses de buscas, foram encontrados neste sábado (13) os corpos dos dois operários soterrados no dia 12 de abril na Pedreira Santa Teresa, localizada na região de Monte Cabrão, em Santos, no litoral paulista. Segundo informou o Corpo de Bombeiros, o primeiro corpo, ainda sem identificação, foi resgatado pela manhã e encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML). As buscas prosseguiram no período da tarde, para resgatar a segunda vítima.
O coronel Ribeiro, do Corpo de Bombeiros, informou que o resgate foi muito difícil, porque a máquina se retorceu e prendeu um dos corpos. "Como a situação estava muito crítica, tivemos que executar o trabalho de resgate à mão", disse. O caminhão que foi tragado pelas 100 toneladas de pedras, vegetação e terra, quando se encontrava na encosta da pedreira, também foi retirado.
Desde o início desta semana, as equipes de buscas vinham encontrando indícios de que os corpos estavam próximos da localização. Equipamentos especiais detectaram a proximidade do caminhão e da retroescavadeira, soterrados junto com os trabalhadores.
De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Santos, Ernesto Tabushi, a todo o instante as equipes de buscas tentavam se afastar da condição de risco, que acompanhou toda a operação. O resgate contou com três escavadeiras, dez caminhões e outros equipamentos.
Fonte: G1.com

Corpos de operários soterrados em deslizamento na Pedreira Santa Teresa, há 4 meses, são encontrados

Parte 1

Parte 2


Acidente em pedreira de Santos completa 4 meses e buscas continuam

Nesta ultima sexta-feira (12) completou quatro meses do acidente que deixou dois homens soterrados na pedreira Santa Tereza, na área continental de Santos. O trabalho para localizar os operários continua.

Foram 260 toneladas de pedras, volume suficiente para construir 30 prédios de 20 andares. Foi isso que as equipes de resgate tiraram nestes quatro meses de buscas. Nesta semana, eles encontraram as primeiras partes do caminhão e da retroescavadeira.

Segundo os engenheiros responsáveis pela pedreira, o trabalho para retirar as máquinas pode levar mais um mês.

As famílias dos dois trabalhadores soterrados vão à pedreira todos os dias para acompanhar as buscas. O acidente foi na manhã do dia 12 de abril. Segundo os bombeiros, o trabalho é arriscado e precisa de cuidado, para evitar um novo acidente


Equipes encontram peças de veículo em pedreira


Créditos: Reprodução

Vários profissionais continuam trabalhando na Pedreira Santa Teresa, em Santos, em busca dos corpos dos dois trabalhadores soterrados após um deslizamento que aconteceu há quase quatro meses.

O sofrimento das famílias pode estar próximo do fim. Nesta terça-feira foi encontrado o retrovisor e um pedaço de uma retroescavadeira soterrada. Há chances de os corpos estarem nas proximidades do material encontrado.

Vários profissionais estão envolvidos nas buscas. Três escavadeiras, dez caminhões, uma carregadeira, um rompedor de rochas, quatro perfuratrizes e dez trabalhadores com explosivos, além de bombeiros e da defesa civil continuam buscando os trabalhadores.

quinta-feira, agosto 04, 2011

Centrais sindicais vão às ruas em SP pela aprovação da pauta trabalhista

O movimento tem a participação da Força Sindical, da CTB, CGTB, UGT e da Nova Central, juntamente com MST e UNE. Os trabalhadores se concentraram na Praça Charles Miller, e seguiram em passeata até a Assembleia Legislativa passando pela Avenida Paulista.

Centrais sindicais fizeram protesto em SP nesta quarta-feira

Cerca de 30 mil pessoas se concentraram no Pacaembu.
Protesto seguio pela Avenida Paulista até a Assembleia Legislativa.


Manifestantes ocupam sentido Paraíso da Avenida Paulista (Foto: Glauco Araújo/G1) 
Manifestantes ocupam sentido Paraíso da Avenida Paulista 
Os sindicalistas que se concentravam na Praça Charles Miller, no Pacaembu, na Zona Oeste de São Paulo, partiram por volta das 10h45 em direção à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, no Ibirapuera, na Zona Sul. Segundo a Polícia Militar, cerca de 30 mil pessoas participavam da manifestação pela aprovação da pauta trabalhista no Congresso Nacional organizada pela Força Sindical e outras centrais.